CIDADE DE SOCORRO OFERECE DESCONTOS DE 40% PARA ATRAIR TURISTAS PÓS PANDEMIA

ASTUR incentiva pessoas a usufruírem de hotéis, pousadas, restaurantes e passeios nacionais para colaborar com a recuperação do setor

Diante das incertezas do cenário mundial, alguns destinos turísticos se mobilizam para conseguirem um fôlego, capaz de ajudar a manter as empresas do setor e os respectivos profissionais. É o caso de Socorro – cidade turística do interior de São Paulo, referência em ecoturismo – que lança a campanha “Compre Agora, Viaje Depois”. Organizada pela Associação Socorrense de Turismo (ASTUR), a ideia é disponibilizar vouchers de descontos para compras feitas entre 15 de abril e 15 de maio, que podem ser usufruídas até 14 de dezembro de 2020.

Participam da campanha cerca de 40 negócios associados à ASTUR, o que inclui os núcleos de hospedagem, atividades de aventura & ecoturismo (rural), gastronomia e compras. 

Estarão à disposição cinco opções de vouchers com descontos de 40%: ao adquirir um voucher de R$50, o turista pagará R$30; o voucher de R$100, custará R$60; o de R$200, será vendido por R$120; já o de R$300, sairá por R$180 e pelo voucher de R$500, o valor a ser pago será de R$300. A compra pode ser feita pelo e-commerce no site oficial do turismo de Socorro www.voucherdesconto.socorro.tur.br. Outra vantagem é a possibilidade do parcelamento, com parcelas mínimas de R$ 100.

Para os vouchers de hospedagem e aventura & ecoturismo, o comprador deverá entrar em contato com a empresa da qual adquiriu para acertar detalhes da reserva, que estará sujeita à disponibilidade no período solicitado. A eventual diferença de valores será acertada diretamente com a empresa provedora do serviço. Não há troco ou reembolso de vouchers. Já o voucher de gastronomia ou compras poderá ser usado no ato da compra, na empresa. Em todos os casos, a eventual diferença de valores será acertada diretamente com a empresa provedora do produto ou serviço. Não há troco ou reembolso de vouchers, que são intransferíveis.  

Cenário do Turismo em Socorro

            “O turismo de Socorro é feito por profissionais autônomos, micro e pequenos empresários, que juntos representam quase 50% da economia da cidade. São alguns milhares de pais e mães de família que tiram o seu sustento deste setor e a crise do covid-19 está sendo extremamente dura para todos”, afirma Ana Luiza Russo, presidente da ASTUR. A maioria não terá condições de suportar por muito mais tempo de portas fechadas, ao mesmo tempo que todos entendem a importância da quarentena neste momento. “Então, uma maneira de passar por esta crise sem fechar e continuar oferecendo experiências incríveis aos nossos visitantes, é contar com o apoio do visitante agora”, ressalta Ana.

            “A pandemia vai passar, a vida vai continuar e as pessoas vão querer viajar, se distrair. Por que não pensar nisso agora, manter as férias no Brasil e ainda ajudar o setor nacional inteiro?”, sugere a reflexão, a presidente.

            Seguindo o movimento abraçado pelo mercado de turismo brasileiro, para as pessoas que tinham viagens e/ou passeios marcados em Socorro, a sugestão é: “Não cancele, remarque”. O setor realmente vive um momento delicado. De acordo com a pesquisa “Pulso Turismo e Covid-19” da TRVL LAB 45,45% dos viajantes que tinham viagens planejadas e/ ou compradas ainda aguardam os próximos desdobramentos para tomar uma decisão do que fazer. Quando há a decisão, a preferência é pela alteração para data futura para 31,82%.

ASTUR: A Associação de Turismo da Estância de Socorro – SP, que tem como objetivo a promoção de ações para o desenvolvimento sustentável das empresas associadas e o fomento do turismo de Socorro, sempre em consonância com o COMTUR da cidade.

Sobre: Estância Hidromineral de Socorro, a “cidade aventura”, polo dos aventureiros especiais, uma das nove a integrar o Circuito das Águas do Estado de São Paulo. Especializada em turismo sustentável, ecoturismo e atividades de aventura. Gastronomia, lazer e a melhor experiência em atividades culturais e passeios cercados pelas belezas naturais da Serra da Mantiqueira. Visitas guiadas ou autoguiadas, certificação pelo Ministério do Turismo, mais de 1300km de caminhos rurais disponíveis ao público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *